• Capa do livro No Tempo do Caparandanda, de António Trabulo. Europress - Europavizinha

    NO TEMPO DO CAPARANDANDA

    0 de 5

    O ambiente oral do conto angolano é a noite, em volta da fogueira.

    O narrador destaca‑se e fala de pé. Anima-se, modula a voz segundo os vários actores que intervêm na recitação e intercala interjeições, ora lamentosas, ora admirativas. Gesticula, não só com os braços mas… com o corpo todo. E fascina!

    10.09€
  • Capa do livro Mulembra - Contos de Áfrisa, de António Trabulo. Europress - Europavizinha

    MULEMBA

    0 de 5

    Conhecereis N’Gongo, do povo da ilha, Canjala, a menina má e Munkhete, que foi banido dos cuancalas. Ouvireis falar de muita gente, de novos e de velhos, e até de Pamba que, ao criar o homem, deu-lhe por sina procurar a felicidade como se estivesse próxima e só dar por ela depois de a ter perdido.

    Sabereis também da velhice de Pamba, que esqueceu até a língua dos homens.

    8.48€
  • Capa do livro Entre Cardos e Espinhos ao Anoitecer - Regresso a "Verão Quente" de 1936, de A. de Alémmontes. Europress - Europavizinha

    ENTRE CARDOS E ESPINHOS AO ANOITECER

    0 de 5

    …Ricardo pousou bruscamente o auscultador, desligando o telefone. Compreendera tudo. Triste e desiludido, deu conhecimento ao pai das informações tão esclarecedoras de Ernesto e quedou-se uns minutos com ele, debruçado no parapeito da janela a observar o jardineiro na tarefa de aparar os cardos e espinheiros que se entrecruzavam na sebe ressequida…

    12.12€
  • Capa do livro Momentum, de Ricardo Ventura. Europress - Europavizinha

    MOMENTUM

    0 de 5

    Nóvel escritor e consistente representante da nova geração de ficcionistas romanescos, o autor dá‑nos uma visão contextualizada da problemática do mundo actual, “flashes” de sentimentos e contradições que se autojustificam em si e por si.

    Referência também ao magnífico ensaio introdutório sobre a “Geração de 90”, da autoria de Miguel Real”.

    6.36€
  • Capa do livro Crónica dos Novos Feitos da Guiné, de António Ferra. Europress - Europavizinha

    CRÓNICA DOS NOVOS FEITOS DA GUINÉ

    0 de 5

    Com reminescências e alusões aos velhos cronistas portugueses, esta obra dá continuidade a uma tradição literária de auto‑ironia. As histórias do Oliveira, do Tomazinho ou do Machado podem ser o retrato de muitos portugueses e guineenses que se repartem entre o “24 de Setembro, o Sheraton, a pensão da dona Berta, o mercado do Bandim…”

    8.48€
  • Capa do livro Encruzilhadas Sentimentais, de Raul D'Andrade. Europress - Europavizinha

    ENCRUZILHADAS SENTIMENTAIS

    0 de 5

    É a história dum rapaz, pobre, autodidacta, que se debate angustiadamente contra a mediocridade da sua condição de caixeiro e que, para sair dela, acaba por tomar um caminho que a sua consciência condena, mas que satisfaz o seu ego de Dom Juan.

    15.90€
  • Capa do livro Fogos de Santelmo, de Raul d'Andrade. Europress - Europavizinha

    FOGOS DE SANTELMO

    0 de 5

    Num discurso dramático, por vezes lírico ou religioso, o autor mergulha nas profundezas da alma humana e, com agudeza, capta-lhe a sua permanente contradição entre a busca do absoluto e o relativismo dos actos quotidianos.

    9.54€
  • Capa do livro Contos e Lendas da Língua Portuguesa, de Armindo Reis e Beatriz Weigert. Europress - Europavizinha

    CONTOS E LENDAS DA LÍNGUA PORTUGUESA

    0 de 5

    Uma selecção de Contos e Lendas da Lusofonia, oriundos de todas as comunidades, que pretende valorizar esse elemento comum, a Língua, e os elementos particulares de cada uma das culturas.

    11.66€
  • Capa do livro Do Prazer e da Memória, de José M. Silva Ferreira. Europress - Europavizinha

    DO PRAZER E DA MEMÓRIA

    0 de 5

    Síntese de percursos, encontros e desencontros da vida com a vida. A memória e a fantasia envolve e encanta por esses escaninhos de recordações. Quando se vive, recorda‑se, quando se não pode ou não se pode viver… fantasia‑se.

    8.48€
  • Capa do livro Chão de Ventos, de Nuno Mira Vaz. Europress - Europavizinha

    CHÃO DE VENTOS

    0 de 5

    A sua acção decorre num período crítico e decisivo da nossa história recente, o “Verão Quente de 75”.

    Entre as sequelas da guerra colonial, a influência partidária nas fileiras das Forças Armadas e a turbulência de uma mudança, mal entendida, no chão ardente do vasto Alentejo, surge o romance, intensamente escrito, agora com o amadurecimento que o tempo imprime às emoções

    10.60€
  • Capa do livro Kambonha, Romance de Mota Yekenha. Europress - Europavizinha

    KAMBONHA

    0 de 5

    Nesse ano todos estavam vivos. Asseguravam que tinham suportado um longo pesadelo. Se fosse a recomeçar tudo de novo, fariam as coisas de maneira diferente, de outra maneira. É precisamente uma destas maneiras de crer, pensar e fazer que se tenta fazer em Kambongo. (…)

    12.19€
  • Capa do livro Uma Frescura de Asas, de António Quadros. Europress - Europavizinha

    UMA FRESCURA DE ASAS

    0 de 5

    Um romance em que há ficção e há também verdade, em que as extraordinárias experiências e o singular destino de uma conhecida figura de político, de doutrinário e de pensador do princípio do século, são, não propriamente relatados com rigor biográfico, mas evocados no contexto imaginoso de um romance.

    A história romanceada da dobragem do Século XIX para o Século XX.

    8.48€
  • Capa do livro Estranha Forma de Vida, de Maria Luísa Soares. Europress - Europavizinha

    ESTRANHA FORMA DE VIDA

    0 de 5

    A guerra estava a dar cabo de nós todos. Eu tornara‑me irritadiço e sombrio, e nem os momentos altos das discussões diletantes com os meus colegas recém‑saídos da faculdade, ou as gabarolices das histórias com moças – nem isso me salvava a vida.

    6.36€
  • Capa do livro Conto é Como Quem Diz, de Isabel de Almeida Santos. Europress - Europavizinha

    CONTO É COMO QUEM DIZ

    0 de 5

    Grande Prémio de Prosa da Iª Mostra Portuguesa de Artes e Ideias.

    Não estou a reinar e nem sequer a copiar o estilo do Woody Allen. Nada disto vem tirar poesia à história porque a gente tratava de romantizar as coisas. Muito.

    3.71€
  • Capa do livro O Falsário, Romance de Nicolas Born. Europress - Europavizinha

    O FALSÁRIO

    0 de 5

    Tradução de M. Luisa Wagner.

    “O Falsário vem de novo provar, ao mais alto nível, que Born (autor de “Die erdabgewandte Seite der Geschichte” ) é um daqueles escritores que amassam o seu ‘pão’ de muitas migalhas: é um romance prenhe, fechado sobre si mesmo, escrito de uma forma magnífica e clarividente.”

    7.42€
  • Capa do livro EXPE(r)DIÇÃO, de Fernanda Basto. Europress - Europavizinha

    EXPE(r)DIÇÃO

    0 de 5

    Uma escrita feminina… Uma palavra de mulher. A passar de mulher a mulher. Como um legado? Descoberta de uma outra criatividade, a criatividade feminina.

    4.24€
  • Capa do livro Tramp Steamer, de Mariano de Angelis. Europress - Europavizinha

    TRAMP STEAMER

    0 de 5

    Tradução e Prefácio de A. Bento Vintém.

    Este livro (difícil de ler?), difícil de catalogar – com a devida vénia aos críticos da religião cultural oficiante – difícil de digerir, é fácil de perceber.

    Escrito em italiano no original. Publicado em português na 1.ª edição.

    4.24€
  • Capa do livro Contos ao Luar, de Júlio César Machado. Europress - Heuris

    CONTOS AO LUAR

    0 de 5

    Prefácio e Notas de Vitor Wladimiro Ferreira.

    “Contos ao Luar” é uma colectânea de narrativas onde a vida da Lisboa do século XIX perpassa colorida, em todos os tons, pelos imbróglios amorosos de um sentimentalismo tão ao gosto da época.

    11.66€
  • Capa do livro D. Jaime, Poema de Tomás Ribeiro. Europress - Heuris

    D. JAIME

    0 de 5

    Prefácio e Notas de Vitor Wladimiro Ferreira.

    Um dos grandes poemas do romantismo português, peça‑chave na evolução da poesia portuguesa do século XIX.

    Um livro mal conhecido que importava reeditar. E foi reeditado.

    11.66€
  • Capa do livro Batalha de Flores, de António Ferro. Europress - Heuris

    BATALHA DE FLORES

    0 de 5

    Prefácio e Notas de António Quadros.

    Novelas modernistas, escritas por um dos fundadores do ORPHEU.

    O perfil da mulher moderna, neta da mulher vitoriana, livre e audaciosa. O retrato da Baixa Lisboeta. Prefaciado pelo filho, A. Quadros.

    5.30€