• Capa do livro Pretos por Fora e por Dentro, de Eugénio de Lemos. Acontecimento

    PRETOS POR FORA E POR DENTRO

    0 de 5

    “No meio do terraço havia um pau, como de pelourinho. Ó Deus, nele estava para nosso espanto, as mãos amarradas e um olhar triste que nunca vou esquecer, o nosso Eduardo, torso nu… Com um ar de lobo mau, o avô que Deus tem, mangas de camisa arregaçadas, brandia um belo e austero cavalo marinho de couro negro… e zurzia o moleque.”…

    11.61€