MATEI O MEU PAI E FOI ESTRANHO

11.90

Zaqueu começa com Z, a última letra do alfabeto. Deslocado por natureza e vocação: Zaqueu nasceu albino no seio de uma família de gente morena. Nasceu artista, embora a sua família nem imagine o que isso seja. É pobre, mas estuda em escola de ricos – o patrão do seu pai é mesmo um sujeito generoso. Conhecemos e tornamo-nos Zaqueu nos seus momentos mais comuns e também nos mais marcantes: a descoberta de que o seu pai tem outra família, os atritos com o irmão armado em marginal, as tentativas patéticas de desvendar o sexo oposto. Mesmo estando numa cidade de 12 milhões de habitantes, Zaqueu procura encontrar o seu lugar, talvez em vão, mas procura. Ele sabe que São Paulo o irá devorar mais cedo ou mais tarde. Pois que o devore, então.

REF: 9789899084032 Categoria: Etiqueta: Tema: Banda Desenhada
Ver carrinho

Descrição

Zaqueu começa com Z, a última letra do alfabeto. Deslocado por natureza e vocação: Zaqueu nasceu albino no seio de uma família de gente morena. Nasceu artista, embora a sua família nem imagine o que isso seja. É pobre, mas estuda em escola de ricos – o patrão do seu pai é mesmo um sujeito generoso. Conhecemos e tornamo-nos Zaqueu nos seus momentos mais comuns e também nos mais marcantes: a descoberta de que o seu pai tem outra família, os atritos com o irmão armado em marginal, as tentativas patéticas de desvendar o sexo oposto. Mesmo estando numa cidade de 12 milhões de habitantes, Zaqueu procura encontrar o seu lugar, talvez em vão, mas procura. Ele sabe que São Paulo o irá devorar mais cedo ou mais tarde. Pois que o devore, então.

Informação adicional

Peso230 g
Dimensões (C x L x A)148 × 210 × 10 mm
Tema

Autor

Características

Autores: Mark Millar e Stuart Immonen
ISBN: 9788416510573
N.º de páginas 192
Acabamento: Capa Dura
Tema: Banda Desenhada

Também pode gostar…