Ver Carrinho “A BÍBLIA EM PORTUGAL VOL.3” foi adicionado ao seu carrinho.
  • JASMIM

    0 de 5

    A NOVÍSSIMA OBRA, INCISIVA E FASCINANTE, DE UM DOS MAIS PROMETEDORES AUTORES NO PANORAMA DA LITERATURA CONTEMPORÂNEA EM LÍNGUA PORTUGUESA.

    UMA HISTÓRIA SURPREENDENTE E CATIVANTE.

    UMA NARRATIVA QUE TEM UM ENCANTO E QUE EXERCE SOBRE O LEITOR UM FASCÍNIO DELICIOSOS.

    “O verdadeiro deslumbre desta obra consiste, não apenas na riqueza e originalidade da história que nos é contada numa linguagem jovem, escorreita e arejada, mas também na riqueza dos conceitos filosóficos, que são esgrimidos de uma forma clara, falando com simplicidade sobre aquilo que é complexo e abrindo janelas à nossa reflexão.” Eduardo Pereira | Excerto do Prefácio

    14.90€
  • DA PONTE P´RA CÁ

    0 de 5

    E SE A MÚSICA MUDASSE A TUA VIDA?
    DOIS MUNDOS QUE SE UNEM. UMA PONTE QUE SE ERGUE.

    Por entre os muros pintados da cidade de Queluz, ao som do hip-hop e ao sabor do conceito Cazota, passando pela magia do tunning, Diana e Dízima vivem uma paixão inesperada, descobrindo que as diferenças que os separam podem ser, afinal, uma ponte que os une.
    Uma história contemporânea, envolvente e empolgante, que nos mostra como por vezes temos de tomar as rédeas da nossa vida para chegarmos onde queremos.

    16.90€
  • O ELOGIO DA TEXTURA

    0 de 5

    “O FOTÓGRAFO TEM A MESMA FUNÇÃO DO POETA: ETERNIZAR O MOMENTO QUE PASSA.”
    MÁRIO QUINTANA.

    Associando a palavra poética a imagens que revelam texturas, Paulo Bicho Garcia, com uma sensibilidade
    fascinante, promove uma experiência nova com a linguagem, dando ao leitor desta sua
    obra a possibilidade de capturar uma visão renovada e enriquecedora acerca das coisas. Com a
    poesia, converte palavras em imagens; com a fotografia, oferece-nos imagens que geram palavras.
    Juntando a poesia e a fotografia, duas manifestações artísticas aparentemente tão diferentes,
    presta uma expressiva homenagem à afirmação de Susan Sontag, segundo a qual a fotografia
    é, afinal, a arte mais próxima da poesia.

    24.90€
  • COVID-19: UMA LIÇÃO DE ESPERANÇA NO FUTURO

    0 de 5

    COMO EM NENHUMA SITUAÇÃO ANTERIOR NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE, O MUNDO É HOJE UM PALCO GLOBAL ONDE SIMULTANEAMENTE SE DESENROLA A MESMA TRAGÉDIA.

    “Eis um livro decididamente confiante. Descrevendo os danos já causados pela pandemia do Covid-19, o autor tem perfeita consciência da dimensão da catástrofe, o que não o impede de detectar inúmeros sinais de esperança. E estes são mais fortes do que o pessimismo que a terrível devastação que vemos crescer todos os dias poderia induzir nos nossos espíritos.” José Gil. Excerto do Prefácio

    11.00€
  • CALÇADA DA AJUDA

    0 de 5
    14.90€
  • HÁ CABELOS QUE SORRIEM

    0 de 5
    10.90€
  • A PARTEIRA DOS VALES

    0 de 5
    11.90€
  • MON MIROIR

    0 de 5
    9.90€
  • O TERNO DESPERTAR DA ENGOMADEIRA

    0 de 5
    14.90€
  • FERNANDO PESSOA – DESTACADO E NITIDO – ANTOLOGIA INEDITA

    0 de 5
    19.80€
  • 7 BALAS – TEATRO DE SOMBRAS

    0 de 5
    14.90€
  • CONTOS POPULARES E LENDAS – ANTOLOGIA INÉDITA

    0 de 5
    17.70€
  • O CRIME SEGUNDO NIETZSCHE

    0 de 5
    14.90€
  • O NOVO PALADINO

    0 de 5
    12.90€
  • Por ti e para ti

    0 de 5

    Sim, o Shatner do título é o actor cromo de Star Trek, se bem que na perspectiva de “Where’s Captain Kirk?”, canção da banda punk Spizz Energi. William Shatner é referido no livro, mas não está nele. Na verdade, nem o autor sabe onde está. Do dito Shatner só interessa para o enredo que, num episódio desse clássico televisivo de ficção científica, era ele o fagotista de um grupo de música de câmara.

    Yep: logo à partida, as referências musicais deste novo caudal de frases de Rui Eduardo Paes (carinhosamente mais conhecido por REP) – porque é de um livro sobre música que se trata – estão no rock and roll e na clássica, ainda que para falar de jazz, de improvisação e dessa música que se diz ser “experimental”. Também se passa pelo hip-hop queer e pelo nintendocore, por exemplo, mas afinal nenhuma forma de arte é uma ilha e tudo está, de alguma maneira, interligado. Até quando o que encontramos são as des-associações reais ou quimicamente induzidas que constituem a realidade. Os contos desta, nas páginas que aqui estão dentro, são os do sexo, da loucura e da morte.

    A música não comunica nada, segundo Gilles Deleuze? Mentira: comunica-nos o desejo, esse grande motor do nosso quotidiano, a esquizofrenia que nos define como humanos e a atribulada relação que temos com a Grande Ceifeira. Para ler em ritmo de corrida, porque foi escrito em ritmo de corrida.

    9.90€
  • A Razão Neurótica

    0 de 5

    Sim, o Shatner do título é o actor cromo de Star Trek, se bem que na perspectiva de “Where’s Captain Kirk?”, canção da banda punk Spizz Energi. William Shatner é referido no livro, mas não está nele. Na verdade, nem o autor sabe onde está. Do dito Shatner só interessa para o enredo que, num episódio desse clássico televisivo de ficção científica, era ele o fagotista de um grupo de música de câmara.

    Yep: logo à partida, as referências musicais deste novo caudal de frases de Rui Eduardo Paes (carinhosamente mais conhecido por REP) – porque é de um livro sobre música que se trata – estão no rock and roll e na clássica, ainda que para falar de jazz, de improvisação e dessa música que se diz ser “experimental”. Também se passa pelo hip-hop queer e pelo nintendocore, por exemplo, mas afinal nenhuma forma de arte é uma ilha e tudo está, de alguma maneira, interligado. Até quando o que encontramos são as des-associações reais ou quimicamente induzidas que constituem a realidade. Os contos desta, nas páginas que aqui estão dentro, são os do sexo, da loucura e da morte.

    A música não comunica nada, segundo Gilles Deleuze? Mentira: comunica-nos o desejo, esse grande motor do nosso quotidiano, a esquizofrenia que nos define como humanos e a atribulada relação que temos com a Grande Ceifeira. Para ler em ritmo de corrida, porque foi escrito em ritmo de corrida.

    22.90€
  • USSU DE BISSAU

    0 de 5

    MILHARES DE CRIANÇAS DA COSTA OCIDENTAL AFRICANA CONTINUAM A SER
    SUJEITAS AOS TERRÍVEIS RISCOS DOS MAUS TRATOS, DA VIOLAÇÃO, DA MENDICIDADE
    E DA MISÉRIA.
    Ussu de Bissau conta a história ficcionada de uma criança talibé, retratando afinal
    uma realidade bem mais cruel do que se pode imaginar.
    “Ussu de Bissau, para além de ser um notável utensílio pedagógico de construção de
    consciência a partir do drama da privação, exploração e tortura, (…) revela-se uma
    importante produção literária, não fantasista, mas de posicionamento cívico…”
    Excerto do Prefácio [Aua Baldé e Miguel de Barros]

    10.90€
  • PACTO

    0 de 5

    “QUAL O SIGNIFICADO DA VIDA? NESTE LIVRO, MIGUEL ALMEIDA, AUTOR MADURO
    E SENSÍVEL, UTILIZA A SUA VOZ POÉTICA ÚNICA PARA SE DEBRUÇAR SOBRE ESTA
    QUESTÃO E OUTRAS IGUALMENTE ESSENCIAIS. AS SUAS RESPOSTAS SÃO FREQUENTEMENTE
    SURPREENDENTES…” RICHARD ZIMLER
    “Miguel Almeida é um poeta-filósofo que faz do ponto de interrogação a sua arma, o
    motor para avançar no seu tempo, no nosso tempo, sempre em busca de respostas
    que sabe não existirem cabalmente… Vale a pena ler sem pressas este livro, mastigá-
    lo,
    degustá-lo, retirar dele o prazer de se confrontar com cada poema, dar-lhe luta,
    até. Pacto é uma grata possibilidade de leitura de uma escrita adulta, séria, desafiante.”
    Joaquim Pessoa
    “A poesia, neste maravilhoso livro, é uma porta pela qual Miguel Almeida passa para
    explorar os grandes temas da vida humana: a perda, a dor, a coragem, a felicidade, a
    solidariedade, o significado da existência e, naturalmente, a morte. É um enorme
    prazer acompanhá-lo nesta exploração.” Richard Zimler

    14.90€
  • UMA NOITE DE INSÓNIA

    0 de 5

    PRÉMIO NOBEL DA LITERATURA 1996 | ANTOLOGIA INÉDITA
    Teresa Fernandes Swiatkiewicz seleccionou e traduziu 14 poemas de Wisława Szymborska.
    Paula Arrais de Abreu ilustrou.
    Uma noite de insónia reúne um conjunto de poemas sobre animais, escritos entre
    1952 e 2011, apresentando-se como um bestiário poético portador de uma mensagem
    ecocrítica e ecológica em defesa dos seus direitos e dignidade.
    Esta antologia temática, inédita porque nunca antes estes poemas tinham sido reunidos
    num volume, destina-se a leitores de todas as idades que apreciam, na literatura,
    a sua capacidade para nos pôr a pensar sobre o mundo em que vivemos e o modo como
    nele atuamos.

    10.90€
  • A BÍBLIA EM PORTUGAL VOL.3

    0 de 5

    A Bíblia foi considerada durante muitos séculos o “Livro dos Livros”. Multidões imensas
    de mulheres e homens inspiraram a sua vida neste Livro Sagrado, muitas nações se ergueram
    em seu nome, e até uma civilização, a ocidental, tem na Sagrada Escritura um dos
    seus fundamentos. A publicação desta obra monumental sobre a Bíblia em Portugal, em
    seis volumes, é um contributo relevantíssimo para o conhecimento do papel modelador
    dos livros bíblicos na definição e compreensão do que somos e de como nos vemos.
    “Podemos afirmar que esta era uma obra que faltava no universo da nossa investigação
    cultural, para ajudar a colmatar lacunas graves no domínio do conhecimento sistemático
    das relações entre religião e cultura, onde a Bíblia tem um lugar central. Não exageraremos
    se classificarmos esta edição como um acontecimento cultural do maior significado…”
    José Eduardo Franco, Professor Catedrático Convidado da Universidade Aberta
    PLANO DA OBRA – 6 VOLUMES
    VOLUME I: As Línguas da Bíblia. 23 séculos de traduções (comercializado pela Europress)
    VOLUME II: A Bíblia na Idade Média (comercializado pela Europress)
    VOLUME III: A Bíblia nos séculos XVI-XVII / VOLUME IV: A Bíblia de João Ferreira Annes
    d’Almeida (1629-1690) / VOLUME V: A Bíblia nos séculos XVIII-XIX / VOLUME VI: A Bíblia
    nos séculos XX-XXI.

    29.90€