• DUKE – SOU UMA SOMBRA

    0 de 5

    Odgen, Colorado, 1868. Depois do final do volume 2, Clem, o irmão de Duke, não é encontrado em lado nenhum. A diligência que transporta os 100 000 dólares, que Dke deve escoltar, rola há apenas algumas horas, quando o seu irmão reaparece, acompanhado por três bandidos. Detêm a diligência, apoderam-sedo dinheiro e fogem para um lugar que apenas Duke parece conhecer.

    Nesta aventura, Duke aceita ser aquilo que é: uma sombra à espreita na noite, um predador, um assassino.

    15.50€
  • BANDA DESENHADA

    0 de 5

    Os artistas de Banda Desenhada são confrontados diariamente com a tarefa de transmitir uma mensagem e comunicar ao leitor toda a acção, diálogo, tensão e emoções da história, apelando, entre outros elementos deste meio artístico, ao grafismo. Este, apesar de ser intrínseco a cada artista, está sujeito a incoerências gráficas que se manifestam, quer naturalmente, quando um artista evolui na sua arte, quer intencionalmente, se um dado momento da história assim o necessitar. Neste ensaio, originalmente escrito no âmbito de uma dissertação de mestrado, iremos analisar a problemática da incoerência estilística, através de alguns artistas que a manifestaram ao longo da sua obra; e iremos acompanhar o Making Of do álbum “No Caderno da Tangerina” que, por apresentar incoerências de ambos os tipos, deu origem a este trabalho.

    10.00€
  • VIRTUDE E CRIME

    0 de 5

    A alemã Berta Nora conta -nos como a vida lhe teceu
    armadilhas repletas de ironias e revelações chocantes. Como a sua história
    a levou a amadurecer e a encontrar o
    seu caminho de dignidade e auto-realização…

    12.00€
  • DAKOTA E A VILA DO SOL

    0 de 5

    Domingo, em algum lugar no sul da Europa. As mulheres estendem as suas roupas, os
    homens preparam-se para o jogo de xadrez que faz parte da tradição da pequena vila, e
    as crianças brincam sem noção do tempo e sem perigo algum. Vila do Sol está encravada
    no meio de um grande vale, cercada de colinas e serras, onde o sol nasce e fica e recolhese
    apenas para deixar a lua brilhar.
    O relógio aponta onze e quarenta e cinco da manhã. Da pitoresca calçadinha, é possível
    avistar o trem, que acabou de deixar seus passageiros na estação. Com passadas rápidas
    e leves e usando um vestido preto colado ao corpo, Dakota passa por Jaime e Inocêncio.
    Os dois velhos amigos interrompem a conversa e suspendem a respiração.
    Pouco depois, um grito de pavor os arranca de seu jogo. No centro da vila, a poucos
    metros da igreja, eles encontram Dakota ajoelhada no chão, balbuciando com as mãos
    ensanguentadas: − Ela está morta!
    Um caso misterioso. Para esclarecê-lo, o capitão Maya da polícia local pede ajuda ao
    grande detetive Roseta, homem vaidoso e bom conhecedor de vinhos.

    12.00€
  • PALAVRAS DE FOGO

    0 de 5

    Os poemas que constituem o livro Palavras de Fogo, de Jidi Majia, traduzido por José Luís Peixoto, são abertamente identitários. O eu poético confunde-se com o autor sem qualquer constrangimento, são diversas as ocasiões em que se refere o próprio nome de Jidi Majia no interior de poemas. E, também dessa forma despudorada, desenvolve-se bastante o sentimento de pertença, a defesa das origens, a assunção apaixonada de uma identidade local e cultural. Esse aspeto, no âmbito da história recente e da realidade chinesa contemporânea, assume uma dimensão política muito forte, explicitada em múltiplas passagens. Ainda assim, sem contradizer estas características, é muito evidente que não estamos perante uma forma de poesia apenas “local” ou, se preferirmos, “étnica”. Jidi Majia refere-se de modo abundante e direto ao vasto mundo, com referências concretas e a defesa inabalável de uma postura humanista.

    15.00€
  • A SEDUTORA TINTA DE MINHAS NOUTES

    0 de 5

    O livro A sedutora tinta das minhas noutes, de Jorge Carlos Fonseca, um dos grandes poetas contemporâneos de Cabo Verde, é uma seleta de textos poéticos, uns inéditos, outros de livros anteriores do autor, feita pelo seu conterrâneo o escritor Arménio Vieira, assim como textos de fortuna crítica sobre o conjunto da sua obra poética por parte de ensaístas e de escritores. O livro – décima publicação da coleção poética Rose is a rose is a rose, da Rosa de Porcelana Editora – de pendor abstracionista, sendo o autor um dos cultores da poesia surrealista na literatura cabo-verdiana, tem como figurino de capa um quadro do artista plástico e poeta luso-cabo-verdiano António Pedro, no ano de celebração do 110º aniversário do seu nascimento.

    15.00€
  • CONGO – UM MUNDO ESQUECIDO

    0 de 5

    ‘CONGO – Um Mundo Esquecido’ é um livro de Banda-Desenhada, da autoria de Henrique Gandum (narrativa e desenho), sobre portugueses no Congo, que nos leva por uma viagem inesperada e perigosa pelo desconhecido em pleno continente africano em finais do século XIX.
    Desenvolvido no decorrer de mais de dois anos, ‘CONGO – Um Mundo Esquecido’ é o primeiro livro de uma saga que nos irá revelar lendas e mitos com base em relatos reais da época contados por exploradores de vários países, entre os quais portugueses.
    Congo, 1880. Uma expedição portuguesa à região mais inexplorada da África central rapidamente corre mal.
    Afonso Ferreira, explorador de renome, e os seus homens, deparam-se com a morte impiedosa de um dos membros do grupo.
    Agora perdidos na inóspita selva africana, deparam-se com horrores primitivos e criaturas vorazes que os aguardam nas sombras.

    14.99€
  • ASCENSÃO

    0 de 5

    E se te dessem a oportunidade de te tornares um deus, aceitavas o desafio? Mesmo sabendo que se falhasses o mais certo era morreres? “Ascensão” é a segunda parte da aventura iniciada em Terra 2.7 por quatro heróis improváveis e que dá respostas às questões então levantadas. A acção decorre nas míticas cidades de Tenochtitlán e Atlantis no continente Oríon.

    12.00€
  • TONY CHU VOL.10 – GALO DE CABIDELA

    0 de 5

    Tony Chu, o agente federal cibopata capaz de obter impressões psíquicas daquilo que come, vai enfrentar o seu maior desafio. O confronto final com o monstro que matou a irmã dele. Que desfigurou os seus colegas. E que agora ameaça a sua filha. Para sobreviver a esta batalha, Tony vai precisar da ajuda do maior agente secreto que alguma vez viveu… Poyo! O problema? Poyo está desaparecido, e presume-se que esteja morto… O novo arco de história de Tony CHU, a série best-seller do New York Times, aproxima-nos rapidamente do final da série, com a sua combinação improvável (e um pouco parva, temos de admitir) de detectives, bandidos, canibais, clarividentes, cozinheiros e homens biónicos.

    12.00€
  • HARROW COUNTY VOL.5 – ABANDONADO

    0 de 5

    BEM-VINDOS A HARROW COUNTY… O Abandonado, aquela figura enorme, ameaçadora, com os seus olhos amarelos e inquietantes, raramente sai da sua cabana escondida nas profundezas dos bosques do Condado de Harrow. Mas não foi sempre assim. E quando um grupo de caçadores forasteiros chega a Harrow County em busca de caça grossa, vão encontrar algo muito para além do que imaginavam. E Emmy vai continuar a conhecer mais visitantes vindos do exterior, e a descobrir mais segredos do seu passado e das suas raízes, no volume que marca o início da recta final da série. Este volume reúne os números #17-20 de Harrow County, o estranho e inquietante conto de fadas southern gothic, criado pelo escritor Cullen Bunn e assombrosamente desenhado e pintado pelo artista Tyler Crook.

    “Harrow County é um dos melhores e mais inquietantes títulos de terror actuais.” – The Guardian

    12.00€
  • INDEH

    0 de 5

    O ano é 1872, na nação Apache, uma região dividida por décadas de guerra. Goyahkla, um jovem guerreiro, perdeu a sua família e todos os que alguma vez amou. Mas, depois de uma visão, vai pedir ao chefe Apache Cochise que o deixe comandar um ataque contra a vila Mexicana de Azripe. Será esta manifestação feroz de coragem que irá transformar o jovem Goyahkla no famoso herói índio Gerónimo. Os índios Apache iriam combater os seus inimigos, as forças do Exército Americano, ao longo de décadas, perdendo aqueles que amavam, tentando salvar as terras dos seus antepassados e a sua cultura, até estarem reduzidos a chamarem-se a si próprios “Indeh”, ou “aqueles que estão mortos”. INDEH captura a narrativa riquíssima de nações em guerra – contada pelos olhos de Naiches, filho do chefe Apache Cochise, e de Gerónimo, dois homens que procuraram encontrar a paz e o perdão neste conflito, e revela-nos também o tremendo custo espiritual e emocional das Guerras Apache. Fruto de investigações exaustivas, INDEH permite-nos aperceber de maneira notável as diferenças culturais, o horror da guerra, a busca pela paz, e, em última instância, a vingança, nesta grande saga. Os Apaches deixaram uma marca indelével na nossa percepção do Oeste Americano, e INDEH mostra-nos porquê. “Este fabuloso romance gráfico mostra-nos todo o orgulho e a nobreza de um povo cuja cultura está emprenhada de ritos, crenças, regras sociais e mesmo da astúcia necessária para sobreviver. Longe dos clichés da mitologia Holywoodesca, Indeh coloca-se com empatia no lugar do índio americano, algo que ainda hoje parece ser raro nos Estados Unidos.” Le Figaro

    22.00€
  • O GATO MARIANO

    0 de 5

    O Gato Mariano é uma das grandes criações da década (estimativa conservadora) em Portugal. Possivelmente nunca lhe será feita devida justiça, até porque um dos encantos que tem é a “subterraneidade”, o traço e as reflexões como nos grandes mestres de apelo clandestino na BD do final do século passado. Não é um Kochalka português, nem um Tony Millionaire português, nem um Mike Diana português; é um Tiago da Bernarda português. Samuel Úria

    15.00€
  • CARAVAGGIO – O INDULTO

    0 de 5

    Michelangelo Merisi da Caravaggio (1571-1610)
    Susceptível, impetuoso, hedionista e brigão, impor-se-á como um dos grandes pintores da história de Arte, esculpindo trevas e luz com o seu pincel para criar obras inesquecíveis, de um realismo perturbador.
    Quatro séculos depois, um outro génio italiano do desenho, Milo Manara, presta-lhe homenagem numa banda desenhada em dois volumes que fará história.

    19.00€
  • TEX – TERROR NA FLORESTA

    0 de 5

    No “WoodlandFlyer”, o comboio que atravessa o Colorado, Kit Willer é preso e forçado a trabalhar na floresta, juntamente com um honesto, mas azarado, jogador. Conseguirá o filho de Tex desenvencilhar-se por entre os perigos da natureza e as armadilhas dos seus carcereiros?

    7.99€
  • PORTAIS

    0 de 5

    NUM FUTURO LONGÍNQUO, DOIS IRMÃOS GÉMEOS LUTAM PELO TRONO DEIXADO VAGO PELO PAI. A GUERRA ACONTECE E VÁRIAS TRIBOS SÃO NELA ENVOLVIDAS, ALÉM DE CINCO PESSOAS TELEPORTADAS DE TEMPOS E DIMENSÕES DIFERENTES. O QUE TÊM ELAS EM COMUM?

    12.99€
  • PLANÍCIE PINTADA

    0 de 5

    Livro de narrativa gráfica que inclui quatro textos provenientes de etnias indígenas da América do Norte. As adaptações tiveram como base diversas versões publicadas, tanto em português como em inglês, sujeitas à interpretação dos autores que reuniram estes relatos de forma a expressar várias modalidades temáticas; uma narrativa mítica, um sonho, uma história do quotidiano, finalizando com o discurso de Seathl.

    15.00€
  • STARLIGHT – O REGRESSO DE DUKE McQUEEN

    0 de 5

    Duke McQueen foi em tempos um herói do espaço que salvou um planeta distante da tirania. Mas isso foi há quarenta anos, e entretanto ele regressou à Terra, casou, teve filhos e tornou-se num homem velho, a quem já nada resta senão as suas memórias de um tempo mais glorioso… até uma noite em que uma astronave desce dos céus e aterra no seu jardim, a pedir-lhe que aceite regressar para uma última aventura! Do escritor de KICK-ASS e do artista de PUNISHER: MAX

    16.00€
  • UNCANNY X-FORCE VOL.3 – EXTRAMUNDO

    0 de 5

    O JULGAMENTO DE FANTOMEX NUM MUNDO DISTANTE… E UMA BATALHA PELA EXISTÊNCIA Na sequência da Saga do Anjo Negro, a X-Force perdeu um membro, mas ganhou outro… e quando Psylocke e Fantomex são raptados para o Extramundo pelo irmão de Psylocke, o Capitão Bretanha, para que Fantomex seja julgado pela sua decisão de matar Apocalipse, os mutantes terão de aceitar uma aliança com o Corpo dos Capitães Bretanha para tentar salvar o Omniverso de um inimigo subtil e destruidor. E, na segunda história, que decorre durante o evento A Essência do Medo, um grupo de radicais religiosos acredita que a destruição que ameaça o mundo é um sinal de Deus, e decide salvar a humanidade do Diabo… matando o máximo possível de pessoas! Wolverine e a sua equipa secreta de mutantes assassinos tem de descobrir quem é o responsável pelos ataques suicidas que assolam o planeta. Reúne os números #20-24 e #19.1 de Uncanny X-Force (Uncanny X-Force: Otherworld) e Fear Itself: Uncanny X-Force #1-3.

    17.00€
  • SOUTHERN BASTARDS VOL.4 – TÊ-LOS NO SÍTIO

    0 de 5

    A aclamada série “frita à moda do Sul” regressa para mais uma grande noite de desporto! O Coach Boss só consegue mandar no Condado de Craw com mão de ferro por uma razão apenas: ganha jogos de futebol. Mas depois da maior e mais terrível das derrotas da sua carreira, Euless Boss tem de se tornar num criminoso ainda mais empedernido se quer poder sobreviver ao ataque dos seus inimigos. Inimigos como Roberta Tubb, que chegou à cidade de Kalashnikov em punho à procura de respostas à séria sobre a morte do seu pai.

    Southern Bastards, de Jason AARON e de Jason LATOUR (acompanhados neste volume por Chris BRUNNER), mergulha-nos no Sul dos Estados Unidos, num thriller de que ninguém sairá incólume.

    Reúne os números #15-20 de SOUTHERN BASTARDS.

    16.00€
  • O HOMEM VAZIO

    0 de 5

    SEM AVISO. SEM ESPERANÇA. SEM CURA. Passou um ano desde o primeiro caso confirmado da doença do Homem Vazio, e nenhuma droga ou medicamento conseguiu travar o seu progresso. A causa é desconhecida, e os sintomas incluem acessos de raiva, alucinações e demência suicida, seguidos pela morte, ou por um estado inerte e sem vida, “vazio”. E, à medida que começam a emergir pelo país estranhos cultos homicidas, o FBI e o CDC lançam uma investigação conjunta ao Homem Vazio, numa tentativa desesperada de travar um culto bizarro e encontrar uma cura para a doença. Cullen Bunn (autor de Harrow County e Deadpool Mata o Universo Marvel) e Vanesa Del Rey são dois dos mais aclamados talentos de uma nova geração de criadores de comics, e estão em sincronia perfeita nesta assombrosa história policial e de terror, passada numa versão distópica do nosso mundo, em que uma aterrorizadora doença tomou proporções quase sobrenaturais.

    15.00€