Ver Carrinho “ECONOMIX” foi adicionado ao seu carrinho.
  • CRIME NO EXPRESSO DO ORIENTE

    0 de 5

    “Crime no Expresso do Oriente” é, com “As Dez Figuras Negras”, um dos romances de Agatha Christie que conheceu maior sucesso, tendo sido traduzido em mais de trinta línguas.

    Inverno de 1934. Pouco depois da meia-noite, um banco de neve obriga o Expresso do Oriente a parar. O luxuoso comboio está surpreendentemente cheio para a época do ano, mas, ao amanhecer, conta-se um passageiro a menos… Um magnata americano morre com uma dúzia de punhaladas, a porta do seu compartimento está trancada por dentro. Hércule Poirot conduz o inquérito no comboio isolado do mundo…

    16.00€
  • BOUNCER – O OURO MALDITO / O ESPINHAÇO DE DRAGÃO

    0 de 5

    Um ano após o lançamento em Portugal do díptico, “To Hell | And Back” (tomo 8 e 9), editamos agora um novo díptico “Bouncer – O Ouro Maldito | O Espinhaço do Dragão” (tomo 10 e 11) assinado por François Boucq.

    Bouncer pensava em dias tranquilos depois de se livrar do infame João Feio. Mas ele deve saber que a lei do Ocidente é sempre implacável… Na cidade de Barro, o relojoeiro foi atacado e a sua filha, Gretel sofreu atrozes mutilações. Como poderia uma cara sem histórias e um pouco inocente ter sido submetido a tais atrocidades? Perseguindo os assassinos, descobre que sua rota se une à de um tesouro amaldiçoado no coração do deserto de Sonora, no México. Um lugar árido com lendas escuras, tão terrível que até os índios não ousam se aventurar ali. Bouncer pensou que já conhecia o inferno. Mas ele descobre que o último tem múltiplas faces.

    26.00€
  • CORTO MALTESE – SEMPRE UM POUCO MAIS LONGE

    0 de 5

    Corto Maltese alarga o seu périplo tropical à selva sul e centro-americana e às ilhas caribenhas. Vudu e política, golpes e repúblicas de bananas, escravatura, mulheres belas e misteriosas, a duradoura miragem do Eldorado, são alguns dos cenários e dos meandros das aventuras deste herói singular, independente e livre, imbuído de um certeiro instinto de justiça. Na extraordinária elegia que é «A Lagoa dos Bons Sonhos», o fim próximo da I Guerra Mundial é pretexto para uma meditação melancólica sobre os sonhos de glória.

    26.95€
  • CORTO MALTESE – SOB O SIGNO DE CAPRICÓRNIO

    0 de 5

    No início do seu périplo tropical, em plena I Guerra Mundial, Corto Maltese — «o último representante de uma dinastia completamente extinta que acreditava na generosidade e no heroísmo» — faz amizade com o jovem inglês Tristran Bantam, meio-irmão de Morgana Dias dos Santos, praticante de macumba e pupila da visionária Boca Dourada, a quem visita na Baía acompanhado por Steiner, antigo professor da universidade Praga e futuro companheiro de viagens, na pista de tesouros misteriosos, cumprindo o seu destino de cavalheiro da fortuna.

    26.95€
  • ECONOMIX

    0 de 5
    21.95€
  • DUKE TOMO 2: AQUELE QUE MATA…

    0 de 5
    15.00€
  • DRUUNA TOMO 2: CREATURA | CARNIVORA

    0 de 5
    21.00€
  • DUKE: A LAMA E O SANGUE

    0 de 5
    15.00€
  • BOUNCER: TO HELL AND BACK

    0 de 5
    22.00€
  • CORTO MALTESE – SOB O SOL DA MEIA NOITE

    0 de 5

    1915. Acabado de chegar ao Panamá acompanhado por Rasputine, Corto Maltese está novamente de partida! O destino é São Francisco e a sua Exposição Internacional onde espera encontrar um amigo de longa data, o escritor Jack London. Em troca de lhe fazer chegar essa carta, London promete a Corto uma nova aventura… e um misterioso tesouro! Corto Maltese inicia assim um longo périplo pelas vastas extensões geladas do Grande Norte, numa viagem pautada por inúmeros perigos e ameaças. Porque, sob o sol da meianoite, há outros predadores que rondam para além dos lobos e dos ursos… Criada pelos espanhóis Juan Díaz Canales e Ruben Pellejero, a obra é a primeira história do personagem Corto Maltese escrita sem a participação de Hugo Pratt, e foi inicialmente publicada em França em Setembro de 2015.

    18.65€
  • CORTO MALTESE – A BALADA DO MAR SALGADO

    0 de 5

    “Sou o Oceano Pacífico e sou o Maior. É assim que me chamam há já muito tempo, embora não seja verdade que eu seja sempre pacífico”.  É com esta frase que começa A BALADA DO MAR SALGADO, a obra onde surge pela primeira vez Corto Maltese.  Corto Maltese, considerado por alguns a criação maior do autor italiano Hugo Pratt, foi publicado pela primeira vez na revista Sgt. Kirk a 10 de Julho de 1967, comemorando este ano 50 anos.

    26.95€
  • O REI MACACO

    0 de 5

    Baseando-se em Jornada para o oeste, um dos grandes textos clássicos da literatura chinesa, Silverio Pisu e Milo Manara recriam nesta obra as aventuras do Rei Macaco, transformando-o simultaneamente numa aventura épica e numa referência clara ao contexto sócio-político da China dos anos setenta.
    Nascido da fecundação de uma rocha pelas essências puras da terra, o Jovem Macaco, farto da idílica felicidade do seu reino, em breve abandona o seu povo em busca da imortalidade. Autoritário, seductor e ambicioso, troça de deuses e de reis para atingir os seus objectivos.
    Marco incontorável na história da banda desenhada, esta é uma das primeiras obras de Milo Manara.
    IMAGINAÇÃO E EROTISMO
    NUMA METÁFORA SOBRE A DIGNIDADE HUMANA

    19.95€
  • DRUUNA – MORBUS GRAVIS E DELTA

    0 de 5

    Paolo Eleuteri Serpieri, nasceu em Veneza, em 1944.
    Começa a sua carreira profissional como pintor em 1966, antes de se virar para a banda desenhada, o que acontece em 1975. Grande apaixonado por Westerns, co-escreve L’Histoire du Far-West, série sobre o oeste americano com argumento de Raffaele Ambrosio, a qual é publicada em França pelas edições Larousse.
    A partir de 1980 trabalha para diferentes projectos, tais como Découvrir la Bible (também para a Larousse), e numa série de histórias curtas para diferentes revistas.
    Em 1985 cria a série “Druuna”, a qual foi originalmente publicada entre 1985 e 2003. Pintor, músico, escultor, e professor no Instituto de Artes de Roma, Serpieri prepara neste momento mais um álbum de Druuna.

    21.00€
  • MARQUE_JACOBS-CAPAMARQUE-JACOBS_P016_AD

    A MARCA JACOBS

    0 de 5

    No ano em que se assinalam os 40 anos da morte de Edgar Pierre Jacobs, (que ocorreu a 20 de Fevereiro de 1987), e com a publicação de A MARCA JACOBS, convidamos o leitor a descobrir os grandes momentos da vida de um dos grandes mestres da 9ª Arte.

    Contemporâneo de Hergé, de quem foi colaborador e amigo antes de se tornar « concorrente » após a criação de AS AVENTURAS DE BLAKE & MORTIMER,  Jacobs foi um homem de múltiplos talentos.

    A grande revelação desta biografia é a voz do criador de Blake & Mortimer, os momentos mais marcantes da sua vida pessoal, mas é verdade que muitos desses momentos não podem ser dissociados dos acontecimentos que marcaram o século XX (como as duas Grandes Guerras Mundiais, o crescimento da sociedade de consumo ou as evoluções tecnológicas).

    Saberão os leitores que que Edgar P. Jacobs, o criador de Blake e Mortimer, foi um cantor de ópera profissional com uma carreira fulgurante? Mas os tempos que decorreram entre as duas Grandes Guerras não eram fáceis, e o seu futuro torna-se incerto quando se vê obrigado a sair de Lille para regressar a Bruxelas. E é aí, afinal, que todas as oportunidades lhe surgem, ao ser convidado para fazer parte da equipa de uma nova revista semanal que dá pelo nome Le Journal de Tintin. E é nas páginas desta publicação que surge, em 1946, O Segredo do Espadão, aventura que será publicada ao ritmo de uma página por semana.

    17.80€
  • DRUUNA – AS ORIGENS

    0 de 5

    Druuna está de regresso para desvendar as suas origens numa história sem palavras que dá pelo título de Anima. Vinte anos depois de lhe ter dado vida, e 13 anos após a publicação do último álbum, Serpieri regressa ao universo da sua famosa heroína, o qual é um misto de ficção científica e de heroic fantasy, povoado de estranhas criaturas, hostis ou amorosas.
    Este tomo 0 é complementado com um caderno de 18 páginas que contem esboços e uma história curta de 7 páginas, inédita, a qual data de 1981.

    16.50€
  • SOS METEOROLOGIA

    0 de 5

    Pierre Veys
    Nasceu em Cambrai, em 1959. Multiplicou experiências de escrita no café-teatro e no teatro (onde também é actor) e posteriormente na televisão antes de escrever histórias curtas para a revista semanal Spirou. É o argumentista de Igor et les monstres, de Space Mounties, de Maître détective e de Avatars. Escreve igualmente gags para Boulle et Bill.

    Nicolas Barral
    Nascido em 1966, começa a trabalhar na revista Fluide Glacial antes de desenhar Les Ailes de plomb (argumento de Gibelin). O seu encontro com Pierre Veys muda-lhe a vida: juntos, criam Baker Street, e depois Les Aventures de Philip et Francis. Em colaboração com o argumentista Tonino Benacquista, Barral assina os dois tomos de Dieu n’a pas réponse à tout, e depois Les Cobayes. Argumentista de Mon pépé est un fantôme (desenho de TaDuc), sucede também a Tardi retomando a personagem de Nestor Burma.”

    14.50€
  • O AZUL É UMA COR QUENTE

    0 de 5

    O livro conta-nos a história de Clementine, uma adolescente de 15 anos que, um dia se cruza na rua com um par de raparigas. Uma delas tem o cabelo pintado de azul e sorri-lhe. A partir desse preciso momento, tudo muda na vida de Clementine: a sua relação com os amigos na escola, a sua relação com a família, as suas prioridades… e sobretudo a sua sexualidade.
    Esta novela gráfica, que se encontra editada em 15 línguas, incluindo o inglês, espanhol, alemão, italiano e holandês, e que pela sua sensibilidade se tornou um êxito mundial, não deixa ninguém indiferente

    19.95€
  • COMO VIAJA A ÁGUA

    0 de 5

    Aos 83 anos, Aniceto tem muito poucos incentivos para se levantar todas as manhãs. Com o seu pequeno grupo de amigos octogenários, decide animar um pouco a sua rotineira existência dedicando-se à venda e tráfico de artigos roubados. O que começa quase como um passatempo torna-se inesperadamente numa tragédia quando os companheiros de Aniceto começam a aparecer mortos em estranhas e violentas circunstâncias.

    15.95€
  • EU, ASSASSINO

    0 de 5

    Enrique Rodriguez é professor de História da Arte na Universidade do País Basco e, aos 53 anos, encontra-se no auge da sua carreira. Além de estar prestes a converter-se numa figura de destaque na sua área, e de ter de lidar com as consequentes rivalidades por parte dos seus colegas de profissão, cultiva uma estranha paixão à qual gostaria de se dedicar atempo inteiro: o assassinato como forma de arte.
    Enrique aproveita convenções e compromissos académicos para cometer assassinatos motivados por fins estéticos. Cada um deles é uma obra de arte inspirada numa técnica específica que marca a sua impecável trajectória como artista.

    19.95€
  • CARAVAGGIO – O PINCEL E A ESPADA

    0 de 5

    Outono de 1592. O jovem Michelangelo Merisi da Caravaggio, que ficará conhecido como Caravaggio, chega a Roma com a intenção de se converter no maior pintor de Itália. Inspirando-se nas sombras e nas cores de uma cidade que se debate entre a grandeza e a decadência – bem como nas personagens que nela habitam – tornar-se-á rapidamente admirado pelo seu talento ao mesmo tempo que alguns lhe criticam a liberdade artística, nomeadamente no que refere aos modelos a que recorre (frequentemente mendigos e prostitutas) para pintar temas religiosos.

    18.80€