• Capa do livro O Diabo e Eu, de Alcimar Frazão. Polvo Editora

    O DIABO E EU

    0 de 5

    Robert Johnson, o mítico bluesman do delta do Mississipi, criou na década de 1930 do século passado uma sonoridade entendida por muitos como a ligação entre o blues rural, acústico e sujo, e o blues moderno, electrificado. O seu talento foi atribuído a um suposto pacto que ele teria feito com o Diabo na encruzilhada das estradas 61 com a 49, nos EUA.Tendo como ponto de partida as canções de Johnson, O Diabo e Eu, cria, apenas com imagens, uma ficção biográfica existencial deste personagem lendário, a partir do universo sugerido pela sua curta obra musical. Johnson gravou apenas 29 músicas até aos 27 anos, idade com que morre de forma misteriosa.

    6.99€
  • PATAGÓNIA

    0 de 5

    Nesta singular aventura, escrita de forma apaixonada por Mauro Boselli e esplendidamente desenhada por Pasquale Frisenda, Tex e o seu filho Kit Willer viajam até à Patagónia, nos confins da Argentina, ao pampa, para participarem numa missão que é, ao mesmo tempo, de resgate de prisioneiros e punitiva, na sequência de sanguinários ataques por parte dos índios. Trata-se de uma movimentada história, cheia de acção, que aborda com singular realismo o genocídio das tribos índias e onde assistimos à luta de um povo pela sua sobrevivência, à custa de muita tenacidade, determinação, heroísmo, vontade de liberdade, sacrifício, sangue e mortos.

    16.99€
  • Capa do livro Matiné. de Magno Costa, Marcelo Costa, Marcio Moreno, Magenta King e Dalts. Polvo Editora

    MATINÉ

    0 de 5

    AS TRÊS HISTÓRIAS QUE COMPÕEM ESTE MATINÉ têm por inspiração o velho e bom cinema de acção e aventura e são temperadas com cirúrgicas pitadas de sangue e humor. Mas isto não é pura e simples pancadaria, com alta dose de adrenalina à mistura.  Os enquadramentos escolhidos ajudam a ambientar a acção, os ângulos, a movimentação e a velocidade das cenas transformam estas páginas em algo parecido com os filmes de Quentin Tarantino. Não sabendo o que se passa antes, ficamos no entanto a saber que acaba por estar tudo de alguma forma interligado. Atenção, pois, ao final. Matíné funciona como cartão de visita dos gémeos Magno e Marcelo Costa e seus convidados: Marcio Moreno, Magenta King e Dalts. Tudo boa gente da nova geração de autores de banda desenhada brasileira.

    10.90€
  • Capa do livro Tungsténio, de Marcello Quintanilha. Polvo Editora

    TUNGSTÉNIO

    0 de 5

    Em “Tungsténio”, Marcello Quintanilha foca o olhar em São Salvador da Baía e conta-nos, em paralelo, os dramas de um sargento reformado do exército, saudoso dos tempos de caserna, os esquemas de um jovem traficante e os momentos difíceis do casamento de um polícia sem escrupúlos e da sua mulher. Como fio condutor da acção temos um crime ambiental nos arredores da cidade, onde se pesca recorrendo a explosivos. Sem deixar de lado o lirismo, Quintanilha – considerado como o grande cronista da banda desenhada brasileira – investe uma boa dose de suspense e acção neste vibrante e surpreendente trabalho, que foi louvado pela crítica como um dos melhores álbuns editados em 2014 no Brasil.

    14.99€
  • Capa do livro Cumbe, de Marcelo D'Salete. Polvo Editora

    CUMBE

    0 de 5

    CUMBE, a palavra banto que dá nome a esta obra, é rica em significados: é o Sol, o dia, a luz, o fogo e a maneira de compreender a vida e o mundo. É, também, sinónimo de quilombo, a palavra que no Brasil quer dizer “esconderijo no mato onde se refugiavam os escravos”. São precisamente os escravos negros os protagonistas destas histórias – algumas delas inicialmente inspiradas em documentos históricos – nas suas lutas de resistência contra a opressão esclavagista no Brasil do séc. XVII, contra o sistema de trabalho forçado, demonstrando as tensões intrínsecas de uma sociedade amplamente pautada pela violência. Cumbe foi considerada uma das melhores Bandas Desenhadas editadas em 2014 no Brasil.

    14.90€
  • Capa do livro Volta - O Segredo do Vale das Sombras, de André Oliveira e André Caetano. Polvo Editora

    VOLTA

    0 de 5

    Um estranho e misterioso ciclista chega sem saber como a Reste du Monde, uma aldeia parada no tempo e aterrorizada por ameaças tenebrosas. As suas memórias são escassas, não traz consigo muito mais do que a bicicleta, mas com o intuito de colocar as ideias no sítio certo e recuperar parte do que perdeu, aceita ficar e deparar-se com uma sociedade isolada, com regras e leis muito próprias. À medida que os dias passam, o “Campeão”, como começam a chamar-lhe os habitantes do vale, percebe mesmo que é em si depositado o peso da salvação, apesar de mal conseguir salvar-se a si próprio. As suspeitas florescem, a morte espreita entre os arbustos, os fantasmas irrompem por cada esquina e algures na floresta… há uma sombra que se move.

    12.99€
  • Capa do livro Solo, de Filipe Abranches. Polvo Editora

    SOLO

    0 de 5
    7.90€
  • BESTIÁRIO

    0 de 5
    8.90€
  • EM LUME BRANDO

    0 de 5
    8.59€
  • PAT BOON – HAPPY END

    0 de 5
    4.98€
  • A FILHA DO CARANGUEIJO

    0 de 5
    10.58€
  • AS AVENTURAS DE ZU – O NATAL DO LOBO

    0 de 5
    3.99€
  • POETA & ESPIÃO

    0 de 5
    8.99€
  • O ARTEFACTO PERVERSO

    0 de 5
    6.99€
  • Capa do livro Cachalote, de Daniel Galera e Rafael Coutinho. Polvo Editora

    CACHALOTE

    0 de 5

    Um astro decadente do cinema chinês incriminado pelo suposto suicídio de um colega, um escultor endurecido pela dedicação à sua arte e um playboy mimado que é expulso de casa procuram encontrar sentido nos acontecimentos drásticos ou misteriosos que abalam o curso de suas vidas. Um vendedor de uma loja de ferragens e uma linda e frágil rapariga tentam não ser destruídos por aquilo que os une, enquanto um escritor deprimido e a sua ex-mulher se mantêm unidos por aquilo que os separou…

    24.99€
  • Capa do livro Copacabana, de Lobo e Odyr. Polvo Editora

    COPACABANA

    0 de 5

    Uma vida de dia, outra de noite. Copacabana já foi mais chique e segura do que é hoje em dia. Lobo e Odyr, os autores, percorrem o quotidiano de uma prostituta de nome Diana, envolvida em esquemas que giram em torno de sexo sujo, do dinheiro, da droga, do crime – com uma análise antropológica crua da situação das profissionais do sexo à mistura – tudo nas melhores companhias, claro…

    15.00€
  • Capa do livro Deixa-me Entrar, de Joana Afonso. Polvo Editora

    DEIXA-ME ENTRAR

    0 de 5

    Alberto anda pela casa dos 40 e sente-se desconfortável com tudo o que o rodeia. Uma mudança para Lisboa, um novo trabalho, novas vivências e, sobretudo, conhecer a Dona Fernanda, irá ajudar a alterar a situação?

    Livro de estreia a solo de Joana Afonso, “Deixa-me entrar” mostra uma autora sensível a alguns dos problemas que assolam a sociedade actual: a solidão e os transtornos mentais, que acometem, em algum momento da vida, pelo menos 20% da população mundial…

    11.98€
  • HÁ PIORES 3 - Polvo

    HÁ PIORES 3

    0 de 5
    8.90€
  • CIDADE SUSPENSA

    0 de 5

    CIDADE SUSPENSA relata o percurso de vida de três amigos de infância, aparentemente inseparáveis, visto pelos olhos de um deles. Trata-se de uma banda desenhada autobiográfica ficcionada, impregnada de referências ao imaginário português, que revisita o sebastianismo, o desígnio ultramarino, o desenfreado crescimento urbano ou o embate do 11 de Setembro.

    11.98€
  • Capa do livro 7 Vidas - Diário de Vidas Passadas, de André Diniz e António Eder. Polvo Editora

    7 VIDAS

    0 de 5

    Levado pela curiosidade, o argumentista André Dinis resolveu aventurar-se numa série de regressões a vidas passadas. O resultado dessas memoráveis sessões, transmitidas pelo traço de Antonio Eder, são as sete vidas mostradas neste livro, que levarão o leitor a experimentar épocas, culturas e lugares diversos…

    11.90€