• Capa do livro Entre um Dia e o Outro, de Sebastião de Lorena. Europress Editora

    ENTRE UM DIA E O OUTRO

    0 de 5
    8.48€
  • Capa do livro Às Vezes Sim, de Sebastião de Lorena. Europress Editora

    ÀS VEZES SIM OUTRAS NÃO

    0 de 5
    9.90€
  • Capa do livro Um Pássaro num Pé Só, de Sebastião de Lorena. Europress - O sol no tecto

    UM PÁSSARO NUM PÉ SÓ

    0 de 5

    “A minha cama está muda
    Não tem nada lá dentro
    Uma cova vazia
    No centro”…

    4.24€
  • Capa do livro O Sol no Tecto, de Renato Monteiro. Europress - O Sol no Tecto

    O SOL NO TECTO

    0 de 5

    “Fala a voz
    clara de quem passa
    e é passagem”…

    4.24€
  • Capa do livro Vida, Divisão Única, de Mário Contumélias. Europress - O sol no tecto

    VIDA, DIVISÃO ÚNICA

    0 de 5

    …”Por isso
    não me peças que conte
    desse tempo
    restam‑me palavras
    lágrimas
    desejos.”…

    4.24€
  • Capa do livro A Sul da Memória, de Cecília Barreira. Europress - O sol no tecto

    A SUL DA MEMÓRIA

    0 de 5

    …”Não me lembro dos amigos que partem.

    Mas a notícia dos que permanecem ressoa‑me.”…

    4.24€
  • Capa do livro A Cratera dos Mitos, de José Duarte Saraiva. Europress - O sol no tecto

    A CRATERA DOS MITOS

    0 de 5

    “Se não canto o que a voz me não relembra assisto, puro, ao vento que me traz:
    chão de alabastro onde o que piso fita a outra margem turva dos corsários.”…

    4.24€
  • Capa do livro Lua Lenta, de Cecília Barreira. Europress - O sol no tecto

    LUA LENTA

    0 de 5

    “A poetisa encena‑se,
    com delicadeza franca.
    Reduz‑se, amplia‑se,
    muda o ângulo do seu
    corpo, sabe diluir‑se…”

    4.24€
  • Capa do livro Renascer de Corpo, de Renato Monteiro. O sol no tecto

    RENASCER DE CORPO

    0 de 5

    “Pela água digo
    Como falo
    Com água se vê
    Que falo
    E caminho
    Para o fogo
    Antes do fogo.”

    4.24€
  • Capa do livro Silêncio de Sombras Tatuado, de José Duarte Saraiva. Europress - O sol no tecto

    SILÊNCIO DE SOMBRAS TATUADO

    0 de 5

    …”Estou em paz com os donos das palavras não com os gorilas do silêncio pago.”…

    4.24€
  • Capa do livro Na Escrita e no Rosto, de Bela Mandil. Europress - O sol no tecto

    NA ESCRITA E NO ROSTO

    0 de 5

    Prémio INASSET/INAPA REVELAÇÃO POESIA – 1990

    Distinguido por um júri, cuja constituição é garantia de qualidade da obra: António Alçada Baptista, Pedro Támen, José Saramago. Uma linguagem nova e, por isso, diferente. Uma revelação.

    5.30€
  • Capa do livro Textos Pretextuais, de Júlia Lello. Europress - O sol no tecto

    TEXTOS PRETEXTUAIS

    0 de 5

    “A anedota não conta, disse‑lhe,
    O que conta é o poema
    Que fica.
    Pronto o texto,
    O pretexto podes ter sido tu.”

    6.36€
  • Capa do livro O Livro dos Ventos, de Joaquim António Emídio. Europress - O sol no tecto

    O LIVRO DOS VENTOS

    0 de 5

    Os olhos também comem
    e choram de barriga cheia
    (memória de um dia
    em que brinquei com a terra
    e aprendi a abrir as mãos
    quando se semeia)…

    4.24€
  • Capa do livro Cavando no Dia o Mar, de Vítor-Luís Grilo. Europress - O sol no tecto

    CAVANDO NO DIA O MAR

    0 de 5

    “Evola‑se, deste Cavando no Dia o Mar, uma ternura discreta, uma espécie de plangente toada sobre a existência, sobre o mundo, sobre a experiência pessoal do próprio autor – e tudo isto reinventado, remanejado, remanchado com palavras muito belas, com expressões, músicas, harmonias e luminosidades…”
    Baptista Bastos

    4.24€
  • Capa do livro Amanhã Inesquecível, de Joaquim António Emídio. Europress - O sol no tecto

    AMANHÃ INESQUECÍVEL

    0 de 5

    “O gesto não dói quando cansa murcho de glória como o sexo.”

    4.24€
  • Capa do livro Entre o Ar e a Perfeição, de Teresa Leonor Vale. Europress - O sol no tecto

    ENTRE O AR E A PERFEIÇÃO

    0 de 5

    Grande Prémio de Poesia da 1.ª Mostra Portuguesa de Artes e Ideias.

    1. mesmo quando não estás e a casa adormece a custo.

    2. leio muitos livros.inventario todos os olhos possíveis.

    3. da janela.invento muito, também. sei‑o. porque escrevo.

    4.24€
  • Capa do livro Intensidades, de Henrique Levy. Europress - O sol no tecto

    INTENSIDADES

    0 de 5

    estou deitado meu amor
    não vês?
    no meu corpo cerejas raras nascem
    esperando as tuas mãos
    os teus lábios entendidos
    em frutos mágicos
    no silêncio das encumeadas…

    8.48€
  • Capa do livro 15 Anos de Alguma Poesia, de Cecilia Barreira. Europress - O sol no tecto

    15 ANOS DE ALGUMA POESIA

    0 de 5

    Tintas. Traços. Túlipas. Moinhos. Enseadas de um corpo abrindo‑se. A cidade longa e a taça onde nos recolhemos. Pouso no mármore. Onde nos sentámos resta uma acácia, do outro lado das águas.

    9.54€
  • Capa do livro Mãos Navegadas, de Henrique Levy. Europress - O sol no tecto

    MÃOS NAVEGADAS

    0 de 5
    8.48€
  • Capa do livro A Invasão do Corpo, de Nuno Rebocho. Europress - O Sol no tecto

    A INVASÃO DO CORPO

    0 de 5

    “a invasão do corpo começa na epiderme o lugar próprio das feridas do mundo (…)”

    O poeta verbaliza, disseca e consagra (…) a corporalidade fenomelógica da Vida. Uma conquista para o humano e para o sonho, no mesmo ritmo de Natureza de que jamais se aparte a sua linguagem (…)

    7.95€