Destaques

  • Capa do livroSaga vol 4 (SAMPLE)_Page_1

    SAGA VOL. 4

    0 de 5

    Dois soldados de lados opostos de um conflito galáctico apaixonam-se, mas os combatentes dessa guerra não vão aceitar a afronta que esse amor representa à sua narrativa belicista. Os anos passaram, Hazel cresceu e já anda, mas os seus pais, Alana e Marko, terão de sobreviver não só aos muitos adversários que pretendem capturá-los ou eliminá-los, mas às dificuldades que sentem numa galáxia hostil, que tudo faz para os separar. No quarto volume de SAGA, reencontramos algumas das suas mais fascinantes personagens: Gwendolyn; A Marca, a irmã de A Vontade e uma das assassinas profissionais, hã… perdão, uma das freelancers da saga; a jovem Sophie, a ex-miúda escrava; e muitas outras personagens desta imensa história que tem granjeado a admiração e preferência dos leitores.

    10.99€
  • Capa do livro Cartas de Amílcar Cabral a Maria Helena. A Outra Face do Homem. Organização de Ivo Cabral, Márcia Souto e Filinto Elísio. Rosa de Porcelana Editora

    CARTAS DE AMÍLCAR CABRAL

    0 de 5

    As cartas que o líder histórico das independências de Cabo Verde  e Guiné Bissau, Amílcar Cabral, escreveu, durante mais de uma década, à sua mulher, foram reunidas  neste livro.

    “Cartas de Amílcar Cabral a Maria Helena: a outra face do homem”, uma publicação da editora da Rosa de Porcelana, reúne 53 cartas escritas por Amílcar Cabral a Maria Helena Vilhena Rodrigues, entre 1946 a 1960.

    São cartas íntimas para aquela que foi, respetivamente no tempo, colega de curso, namorada, esposa e companheira de luta. Cartas de amor e/ou cartas com amor, ao mesmo tempo que, em linhas ou nas entrelinhas, se inferem os tempos históricos e os lugares.

    Organizado pela filha de Amílcar Cabral Iva Cabral, e pelos editores Márcia Souto e Filinto Elísio, o livro integra, além das cartas, fotografias, poemas e notas.

    Conta ainda com textos do ex-presidente da República de Cabo Verde, Pedro Pires; da professora Inocência Mata e do sociólogo Carlos Lopes.

    30.00€
  • Capa do livro Guia Arqueológico da Península Ibérica - Portugal, de Luis del Rey Schnitzler.

    GUIA ARQUEOLÓGICO DA PENÍNSULA IBÉRICA – PORTUGAL

    0 de 5

    Um guia arqueológico atualizado, visual, prático e ameno, concebido como um guia turístico, a fim de lhe levar para extraordinários sítios arqueológicos e museus em Portugal. O leitor vai encontrar informação precisa para localizar os diferentes lugares e não poderá resistir à tentação de visitá-los.

    23.95€
  • Capa do livro Tony Chu: Detective Canibal - Volume Quatro, Sopa de Letras, de John Layman e Rob Guillory. G. Floy Editoratony_chu_vol4_p4

    TONY CHU VOL. 4: SOPA DE LETRAS

    0 de 5

    As coisas complicaram-se para Tony Chu, o detective cibopata com a habilidade de obter impressões psíquicas de tudo o que come. Estranhas letras extraterrestres surgiram nos céus da Terra. Há quem pense que chegaram os Tempos do Fim, e todos parecem ter deixado de se importar com as leis da F.D.A., que já foi a mais poderosa agência da autoridade do mundo, e agora começa a tornar-se irrelevante. O que vai acontecer ao seu melhor agente, Tony Chu?

    9.99€

Novidades

  • Capa do livro Fatale, Vol. 5: Amaldiçoa o Demónio, de Ed Brubaker e Sean Phillips. G. Floy Studio

    FATALE VOL 5: AMALDIÇOA O DEMÓNIO

    0 de 5

    O volume final de uma das mais aclamadas séries da actualidade!

    Nicholas Lash encontrou por fim Josephine, a mulher que lhe destruiu a vida, e lhe custou a perna e parte da sua sanidade mental. Mas, agora, ela quer que ele a ajude numa missão ainda mais perigosa, a sua última oportunidade de escapar a um destino terrível, e a que talvez nenhum deles sobreviva.

    A conclusão de FATALE, a saga de horror cósmico, cultos sexuais e crime noir, e de uma Mulher Fatal imortal em fuga há séculos… o quinto e último volume da obra-prima de Ed Brubaker e Sean Phillips.

    Ed Brubaker, um dos maiores argumentistas de banda desenhada americana, e autor de, entre outros, Capitão América: O Soldado do Inverno, junta-se a um dos mais talentosos artistas britânicos, Sean Phillips, para assinar esta história em que terror e policial negro colidem num dos mais aclamados comics actuais. Nomeada para cinco Eisners (incluindo Melhor Série Nova, Melhor Argumento, e Melhor Desenho), a série ganhou também o Eisner para as Melhores Cores, pelo trabalho de Dave Stewart.

    10.99€
  • Capa do livro Southern Bastards Vol.2: Sangue e Suor, de Jason Aaron e Jason Latour. G. Floy Studios

    SOUTHERN BASTARDS VOL. 2: SANGUE E SUOR

    0 de 5

    A aclamada série “frita à moda do Sul” regressa com o seu segundo volume, que vai iluminar a história negra e sórdida do condado de Craw e do seu mais famoso e temido residente, Euless Boss, o treinador de futebol do liceu local, que se tornou em senhor do crime. Numa terra onde só os sacanas é que se safam, o que foi preciso para ele se tornar no maior, pior e mais poderoso de todos os sacanas? Só o Coach Boss sabe. Mas talvez seja melhor não lhe perguntar…

    Um regresso ao passado de um sacana de primeira ordem. Podem odiá-lo, podem sentir-se chocados com os seus crimes e com o final terrível do primeiro volume, mas, depois de lerem este volume, irão por fim entender o Coach Boss e as suas motivações!

    Southern Bastards é a mais recente criação de Jason AARON (argumentista de Thor e Wolverine, entre outros) e do desenhador Jason LATOUR (Wolverine, Spider-Gwen). Misturando ficção e memórias bem vivas dos autores, este livro mergulha no Sul dos Estados Unidos e revela todo o amor que eles têm pelas suas origens, bem como como o seu ódio pela maldade e estupidez humana, venham de onde vierem. O resultado é um thriller de que ninguém sairá incólume, tanto autores como leitores.

    Southern Bastards venceu o Prémio Harvey para Melhor Nova Série em 2015.

     

    9.99€
  • Capa do livro Revisão: Bandas Desenhadas dos Anos 70. Editora Chili com Carne

    Revisão – Bandas Desenhadas dos Anos 70

    0 de 5

    2016 marca 40 anos do fim da icónica Visão, uma revista improvável num país com graves problemas económicos mas que se apresentava nas bancas com ar luxuoso, cores ácidas e brilhantes, temáticas políticas e libertárias.
    Quisemos comemorar esta publicação que fez uma ruptura com a BD tradicional portuguesa mas sobretudo recuperar um conjunto de BDs esquecidas dos anos 70 cheias de frescura, rebeldia e prazer criativo, vindas de outras experiências editoriais como Evaristo, O Estripador ou &etc.
    Contem com António Pilar, Bruno Scoriels, Carlos Barradas, Carlos “Zíngaro”, Fernando Relvas, Gracinda, Isabel Lobinho, J.L. Duarte, João Manuel Barroso, Nuno Amorim, Paralta & Zé Baganha, Pedro Massano, Pedro Potier, Tito, Zé Paulo (1937-2008), Zepe e ainda António Pinho, Carlos Soares, Jorge Lima Barreto (1949-2011) e Mário-Henrique Leiria (1923-1980) para muita BD psicadélica, urbana, cósmica, mórbida, erótica, pessimista, ácida, crítica, tão ying & yang tal como foi a década de 70 neste país periférico.

    20.00€
  • Capa do livro Rendez-Vous em Phoenix, de Tony Sandovalrendez_vous_p1

    RENDEZ-VOUS EM PHOENIX

    0 de 5

    Nascido no noroeste do México, Tony Sandoval narra-nos a sua travessia clandestina da fronteira para os Estados Unidos. «Rendez-vous em Phoenix» é o relato autobiográfico de um jovem  ingénuo e idealista em busca do sonho americano. Entre desventuras e encontros fortuitos, o autor apercebe-se da angústia e do medo daqueles que deixam o México em busca de um Eldorado.

    Uma visão sentida e muito pessoal das agruras por que passam os migrantes ilegais, num registo bem diferente do universo fantástico do criador de «As Serpentes de Água» e «Mil Tormentas».

    13.99€
  • Capa do livro Santo António em Banda Desenhada, de José Garcês. Europress Editorasanto-antonio-em-bd-1

    SANTO ANTÓNIO EM BANDA DESENHADA

    0 de 5

    A história de um santo de Lisboa, de Portugal e do mundo, contada através das palavras e do traço realista de um dos grandes mestres e pioneiros da BD lusa.

    Na sua narrativa fluída e envolvente, José Garcês recria a vida, os milagres e a herança de Santo António, um homem comum com qualidades invulgares que o transformaram em ícone da Igreja Católica e da cultura popular.

    Sobre o autor

    José Garcês nasceu em Lisboa, a 23 de Julho de 1928, e desde muito jovem manifestou talento para o desenho e para as artes gráficas. O seu percurso como desenhador teve início em1944, quando criou O Melro, uma publicação de exemplar único que circulava entre amigos.

    Em 1946, concluiu o Curso de Artes Gráficas na Escola António Arroio, tendo, nesse mesmo ano, começado a sua carreira de autor de banda desenhada n’O Mosquito, o mais célebre periódico infantojuvenil da época. Nas áreas da BD e da ilustração, colaborou com os mais variados jornais e revistas, como O Papagaio, Cavaleiro Andante, O Foguetão, Pisca-Pisca, Tintin, O Século ou Modas e Bordados, entre vários outros.

    Fruto de um talento abrangente e de um genuíno gosto pela história e pelo património de Portugal, José Garcês abraçou, ao longo da sua obra, uma notória componente didática, notabilizando-se também na ilustração de livros escolares e infantis, monografias, sebentas, construções de armar, postais, cromos, selos postais e até carteiras de fósforos.

    A par das histórias serializadas que concebeu para periódicos, o autor executou, desde os anos 80, inúmeros álbuns com histórias completas em banda-desenhada. Neste domínio, Eurico, o Presbítero (adaptação da obra homónima de Alexandre Herculano), História de Portugal em Banda Desenhada ou Cristóvão Colombo, Agente Secreto de D. João II são alguns dos seus trabalhos mais marcantes.

    Entre as mais diversas distinções que recebeu ao longo de uma carreira longa e prolífica, destaca-se, mais recentemente, o Prémio Especial Anim’Arte BD (GICAV) 2015, pelo conjunto da obra. Em 2016, assinalando os seus 70 anos de atividade profissional, foi homenageado pela Biblioteca Nacional e pelo Clube Português de Banda Desenhada, do qual foi, na década de 80, o primeiro presidente.

    6.90€
  • Capa do livro A Vida Oculta de Fernando Pessoa, de André F. Morgado e Alexandre Leoni

    A VIDA OCULTA DE FERNANDO PESSOA

    0 de 5

    A Vida Oculta de Fernando Pessoa é uma história que conta de forma alternativa a origem dos heterónimos do poeta e que revela alguns dos segredos mais bem guardados da sua vida, convidando o leitor a conhecer factos históricos reais, desde o seu nascimento, articulando-os com um mundo sobrenatural, idealizado pelos autores. Nesta história, Fernando Pessoa pertence a uma Sociedade Secreta que tem como objetivo salvar a sociedade portuguesa de um mal. Porém, essas obrigações forçam-no a tomar decisões difíceis que darão origem à sua afamada heteronomia.

    12.90€
  • Capa do livro Cartas de Maria Eugénia a Agostinho Neto. Fundação Dr. António Agostinho Neto

    CARTAS DE MARIA EUGÉNIA A AGOSTINHO NETO

    0 de 5

    Trata-se de uma obra preciosa aonde se registam memórias das cartas de Maria Eugénia da Silva para António Agostinho Neto, escritas no período ante-guerra colonial dos anos 50, no século XX, e após o início da luta armada em 1961 que ilustram aspectos privados, humanos e sentimentais de dois jovens que se iriam notabilizar anos mais tarde, nos campos das letras e da política e que se pretende sejam um contributo documental para o entendimento das personalidades em apreço e também para a análise histórica, sociológica, económica, cultural e política da época.

    18.00€
  • Capa do livro Obra Poética Completa de Agostinho Neto: Sagrada Esperança; Renúncia Impossível; Amanhecer. Fundação Dr. António Agostinho Neto

    AGOSTINHO NETO, OBRA POÉTICA COMPLETA

    0 de 5

    A poesia de Neto expõe esteticamente as ânsias e raivas do povo dos musseques, analisando socialmente a situação histórica, referindo as aspirações, o desejo de mudança e a esperança desse povo.

    20.00€
  • Capa do livro Walking Around, de Fábio Inácio

    WALKING AROUND

    0 de 5

    Walking Around é uma fotorreportagem de uma viagem de vinte meses pelo mundo. Entre Ásia, Oceânia, Europa e África, o autor mostra o seu olhar numa viagem que vai muito para além do turismo. O livro conta também com a história contada na primeira pessoa.

    25.00€
  • Capa do livro Tu És a Única Pessoa, de Cristina Torrão. Oxalá Editora

    TU ÉS A ÚNICA PESSOA

    0 de 5

    Helena Tavares envolve-se numa relação amorosa com Leonel Moreira, membro das Brigadas Revolucionárias, no efervescente meio estudantil de 1973/74, acabando ambos presos em Caxias, nas vésperas da revolução. São libertados pouco depois num mundo em convulsão, onde parece não haver lugar para o seu amor. Envolvido numa carreira política, que o levará ao Parlamento Europeu, Leonel esquece os seus ideais revolucionários, acomodando-se a uma vida bem remunerada. Helena vê-se empurrada para um casamento desastroso. Entre um marido vigarista e negligente, um pai que finge que ela morreu, uma mãe incapaz de enfrentar adversidades e um irmão que se habituou a ignorar um membro familiar incómodo, Helena perde o controlo sobre a sua vida. O suicídio da filha atira-a para uma clínica psiquiátrica, em estado vegetativo, mas proporciona igualmente um reencontro com Leonel, vinte anos depois, tornando-se ele na única pessoa que poderá ajudá-la a regressar ao mundo.

    11.90€
  • Capa do livro A Tragédia da Rua das Flores, de Eça de Queirós. Manufactura Editora

    A TRAGÉDIA DA RUA DAS FLORES

    0 de 5

    Quantos tesouros oculta o espólio de um grande escritor? No caso de Eça de Queirós (1845-1900), muitos. Prolífico a escrever, frugal a publicar, só postumamente foi conhecida uma parte significativa da sua produção literária. A Tragédia da Rua das Flores, que agora se reedita segundo as normas da nova ortografia, permaneceu inédita durante um século. Escrita entre 1877 e 1878 e apenas editada em 1980, esta história de incesto antecede o mais célebre romance do autor, Os Maias (1888), de que pode ser considerada um primeiro ensaio. No entanto, o enredo em torno da paixão fatal de Vítor e Genoveva, que já foi alvo de uma adaptação televisiva, não é tratado por Eça com o romantismo açucarado que tornou a narrativa dos amores de Carlos da Maia e Maria Eduarda admissível para consumo dos leitores da época. A Tragédia da Rua das Flores é um romance realista, assumidamente cru e sensorial, que revela um Eça em pleno domínio da sua técnica, sem pejo em afrontar, com arrojo e notório divertimento, os tabus da sociedade portuguesa de finais do século XIX.

    14.95€
  • Capa do livro

    ESTRANGEIRAS

    0 de 5

    “Ao tentarem entrar nos Estados Unidos, três mulheres, chegadas de diferentes latitudes da lusofonia, são obrigadas a ficar juntas durante algumas horas numa sala da polícia de fronteira do aeroporto. É na incerteza dessa espera que, aos poucos, vão mostrando o que são e o que pensam umas sobre as outras.
    Este texto teatral do premiado escritor José Luís Peixoto reflete sobre os diversos espaços de uma língua espalhada pelo mundo, sobre o seu património de referências, a sua riqueza e, também, sobre os seus preconceitos, contradições e problemas. “

    15.00€
  • Capa do livro No Bosque da Vida, de Pedro Strecht. Manufactura Editora

    NO BOSQUE DA VIDA

    0 de 5

    NO BOSQUE DA VIDA “«A Professora pediu que escrevêssemos um texto durante as férias. Não tenho nenhuma ideia brilhante que possa inventar.»
    Assim começa o novo livro de Pedro Strecht para um público infanto-juvenil.
    Com a aventura narrativa de uma criança, que através do olhar do seu quotidiano e na companhia da cadela Tita, procura realizar um ensinamento do seu Avô:
    «Sê sempre tu próprio. E, se puderes faz também os outros felizes! Não deixes desertos teus olhos… »
    Pedro Strecht (1966) é médico de Pedopsiquiatria. Casado, tem 3 filhos (e uma cadela de nome Tita).”

    6.50€
  • Capa do livro Jessica Jones: Alias, de Brian Michael Bendis e Michael Gaydos. G. Floy Editora01-Alias-(SAMPLE)_Page_1

    JESSICA JONES: ALIAS VOL. 1

    0 de 5

    Jessica Jones: Em tempos, chegou a ser uma super-heroína… mas não era muito boa. Os seus poderes eram corriqueiros, comparados com as habilidades incríveis dos ícones de uniforme que povoam o Universo Marvel. Numa cidade de maravilhas, Jessica Jones nunca encontrou um lugar que fosse só seu. Agora, transformada numa alcoólica auto-destrutiva com um terrível complexo de inferioridade, Jones é dona e única empregada das Investigações Alias – uma pequena empresa de investigações privadas especializada em casos de super-heróis. E quando ela descobre o segredo potencialmente explosivo da identidade verdadeira de um desses heróis, a vida de Jessica passa a estar em risco permanente. Mas o seu humor, charme e inteligência são a combinação perfeita, que talvez lhe permita sobreviver até ao fim desta aventura.

    14.99€
  • Capa do livro Velvet - Antes do Crepúsculo, de Ed Brubaker e Steve Epting. G. Floy Editoravelvet-1-(SAMPLE)_Page_1

    VELVET VOL. 1: ANTES DO CREPÚSCULO

    0 de 5

    Velvet Templeton é a assistente do Director da mais secreta Agência de sempre. Pelo menos oficialmente… porque quando o melhor espião do mundo é morto numa missão, ela vai ser mergulhada numa rede complexa de intriga, homicídios e segredos… e nenhum segredo é maior do que o que ela esconde no seu passado, que a vai obrigar a voltar ao activo.

    9.99€
  • Capa do livro Sobressaltos - Terror por Autores Portugueses de BD. Europress Editora

    SOBRESSALTOS: TERROR POR AUTORES PORTUGUESES DE BD

    0 de 5

    Vinte momentos de horror, outros tantos sustos e “sobressaltos”, nesta antologia de contos de terror por alguns dos melhores autores portugueses de banda desenhada.

    Sobressaltos nasceu de um pedido por parte da organização do evento Sustos às Sextas para uma exposição ligada à banda desenhada de terror. Comissariada por Geraldes Lino, um dos mais entusiastas fãs de BD de sempre no nosso país, e por Bruno Caetano, da Comic Heart, essa exposição fez nascer a vontade de criar algo que prestasse homenagem às pequenas histórias curtas de duas páginas apresentadas. O resultado foi esta antologia que reúne pequenos episódios, momentos de terror, instantes de humor e pausas para reflexão, desenhadas por vinte grandes desenhadores (com apoio de dois argumentistas): um verdadeiro catálogo do que de melhor se faz em banda desenhada no nosso país! O resultado foi esta antologia que reúne pequenos episódios, momentos de terror, instantes de humor e pausas para reflexão, desenhadas por vinte grandes desenhadores (com apoio de dois argumentistas): um verdadeiro catálogo do que de melhor se faz em banda desenhada no nosso país!

    Com histórias de Álvaro, André Oliveira, Andreia Rechena, Bruno Caetano, Carlota Borba, Fernando Relvas, Filipe Alves, Joana Afonso, João Sequeira, José Lopes, José Smith Vargas, Luis Cavaco, Mosi, Nuno Rodrigues, Osvaldo Medina, Pedro Brito, Pepedelrey, Ricardo Drumond, Ricardo Santo, Rui Gamito, Rui Lacas, e Tiago Pimentel. Prefácio de António Monteiro.

    11.95€
  • Capa do livro Má Raça, de Jason Aaron e Ron Garney. G. Floy Editorama_raca_p1

    MÁ RAÇA

    0 de 5

    Tanto quanto se saiba, a linhagem dos Rath sempre esteve manchada pelo sangue e pelo homicídio. Mas Ira Rath, o mais impiedoso e frio assassino profissional que o Alabama já conheceu, acaba de aceitar uma missão que irá decidir o destino da sua família de uma vez por todas. E nada parece poder deter a eficiência desta máquina de matar. Nada, a não ser o cancro que acabaram de lhe diagnosticar…

    Tudo começou por causa de umas ovelhas… e só vai acabar quando toda a gente estiver morta!

    10.99€
  • Capa do livro O Romance de um Homem Rico, de Camilo Castelo Branco. Manufactura

    O ROMANCE DE UM HOMEM RICO

    0 de 5

    Camilo é um dos maiores romancistas de sempre na literatura portuguesa. Escreveu muito e conquistou um lugar que nenhum outro ocupa. Teve vida conturbada desde o berço, o que explica a riqueza da sua obra. De “O romance de um homem rico”, Camilo disse que foi o mais querido dos seus livros, tendo vaticinado que o mesmo prevaleceria sobre quantos a sua imaginação criasse. O texto a que estas páginas dão corpo reproduz a 2ª edição, corrigida e revista pelo autor, publicada em 1863, e segue as normas do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990.

    12.90€
  • Capa do livro A Vida Numa Mala - Armando Rodrigues de Sá e Outras Histórias, de Cristina Dangerfield-Vogt e Svenja Länder. Oxalá Editora

    A VIDA NUMA MALA

    0 de 5

    Um desconhecido em Portugal, Armando Rodrigues de Sá é um símbolo da imigração na Alemanha.

    A questão das Migrações, definidas como movimentos migratórios de pessoas entre vários países e regiões à procura de melhores condições de vida, ou para fugir à repressão e à guerra, é uma constante da História da Humanidade.

    Em A VIDA NUMA MALA, Armando Rodrigues de Sá e Outras Histórias, as aventuras de migração dos vários viajantes, vindos do Oriente e do Ocidente e que se encontram no porto de abrigo ‐ Alemanha, são contadas pelos próprios no palco que as autoras criaram para este fim no projecto.

    Paralelamente, Cristina Dangerfield‐Vogt e Svenja Länder descrevem e analisam as circunstâncias históricas, sociais, políticas e culturais que enformaram estas grandes vagas de emigração portuguesa, e também turca, nos anos 60, na direcção do centro da Europa, debruçando-­‐se, por fim, sobre os movimentos migratórios actuais.

    Um desconhecido em Portugal, Armando Rodrigues de Sá é um símbolo da imigração na Alemanha que as autoras quiseram dar a conhecer a um público mais vasto. É deste símbolo criado pelos alemães que a jornalista e a historiadora partiram à procura dos testemunhos da família de Sá e de outros viajantes fazendo a ponte para os refugiados hoje.

    Last but not least, o Leitmotiv deste livro, em dois tempos, e a duas mãos, é a viagem de comboio efectuada por Armando Rodrigues de Sá, de Lisboa para Colónia, em 1964, viagem esta que a historiadora, Svenja Länder, e António de Sá, neto de Armando, voltaram a fazer em 2014. As fotografias que ilustram A VIDA NUMA MALA conferem ao projecto uma visualidade especialmente marcante e impossível de ignorar, ficando bem clara a mensagem que as autoras quiseram passar, «que o Mundo é de todos e que há lugar para todos» citado do comentário de José António Cerejo, Grande Repórter do Público, sobre o projecto de livro A VIDA NUMA MALA.

    11.90€
  • Capa do livro Tex - Tempestade sobre Galveston, de Pasquale Ruju e Massimo Rotundo. Edições PolvoCapa do livro Tex - Tempestade sobre Galveston, de Pasquale Ruju e Massimo Rotundo. Edições Polvo

    TEMPESTADE SOBRE GALVESTON

    0 de 5

    O coronel Woodlord administra ainda a sua plantação de algodão como nos tempos idos da escravatura. Na pista de um bando de ladrões de bancos, Tex e Carson acabam por se ver enredados numa elaborada intriga para encontrar um tesouro, herança de um famoso jogador de cartas e pistoleiro. Quem herda? Eleanor Hood, a fascinante proprietária do “Lucky Smile”, o “saloon” de Galveston, que aprendeu a crescer e fazer-se respeitar num mundo de homens. Decorrendo num período temporal de poucos dias, esta é uma história plena de peripécias, com reviravoltas sucessivas, num enredo onde os personagens servem para realçar as características clássicas de Tex: a invencibilidade, a intolerância contra os agressores e a capacidade de distinguir o certo do errado num só olhar. Enquanto decorre a acção, ao longe forma-se a tempestade do século que, com estrondo, se irá abater sobre a cidade!

    16.99€

Sugestões

  • Capa do livro Guadalupe - Uma Roadtrip Fantástica de Angélica Freitas e Odyr. Polvo Edições

    GUADALUPE

    0 de 5

    À beira de completar trinta anos, tudo o que Guadalupe deseja é esquecer o seu trabalho na livraria de Minerva, o seu tio travesti. É ela quem conduz uma velha carrinha pela Cidade do México, recolhendo colecções de livros que Minerva arremata, por poucos peso, a famílias enlutadas. O símbolo da “Minerva Libros” é uma coruja, mas podia muito bem ser um abutre, um abutre com lantejoulas. No seu aniversário, Guadalupe só quer sair para beber e dançar com os amigos. Mas um telefonema muda-lhe os planos. No meio do pior engarrafamento do ano — ela aproveita engarrafamentos para ler os clássicos — fica a saber que a avó, Elvira, uma intrépida velhinha, morreu num acidente de motoreta. Como Guadalupe tem a carrinha, é a única que pode cumprir o último desejo da avó: um enterro com banda de música em Oaxaca, onde nasceu. Embarca então com Minerva e a sua inseparável poodle, mais o caixão, rumo à cidade. No caminho, contrariando a indicação de Guadalupe, Minerva dá boleia a um exótico rapaz, que se diz guatemalteco, e os problemas começam. Neste “road movie” abundantemente regado com mitologia asteca e cogumelos mágicos, Angélica Freitas e Odyr narram a divertida, e por vezes assustadora, história dessa viagem. Uma aventura inusitada ao coração do México, onde um embate contra as forças do mal é tudo menos o que parece ser.

    11.90€
  • Capa do livro Wolverine Origem, de Paul Jenkins, Andy Kubert e Richard Isanove. G. Gloy Editora. MarvelCapa e contracapa do livro Tony Chu: Detective Canibal. Volume Dois, Sabor Internacional, de John Layman e Rob Guillory

    WOLVERINE ORIGEM I

    0 de 5

    Esta saga marcou um momento de viragem nas histórias que a Marvel contou sobre alguns dos seus maiores heróis. Com argumento de Paul Jenkins, vencedor de um Eisner pela sua série dos Inumanos, desenho de um dos mais lendários artistas da actualidade, Andy Kubert, e cores de Richard Isanove – com um estilo muito inovador que passa pela sua aplicação directa sobre os desenhos sem arte-final – Wolverine: Origem foi um dos maiores sucessos da Marvel e uma das suas mais importantes histórias. Originalmente editada no nosso país em 2002, esta saga regressa agora numa luxuosa edição em capa dura.

    A origem do mais popular dos mutantes, Wolverine, chegou a ser considerada “a maior história da Marvel nunca contada”, e a Casa das Ideias chegou a dizer que ela nunca seria contada. Mas no início dos anos 2000, um grupo de editores e escritores da Marvel decidiram que estava na altura de o fazer – com o recente sucesso de filmes de super-heróis da Marvel no cinema, e com o facto de que a editora não tinha nenhum controlo criativo sobre ele, por ter cedido os direitos aos estúdios, temiam que essa história acabasse por ser contada no grande ecrã. Bill Jemas, na altura Presidente da Marvel, e Joe Quesada, uma lenda dos comics, quer como escritor e desenhador, quer como editor, prepararam essa história e contrataram Paul Jenkins, que tinha acabado de ganhar um Eisner com uma série da Marvel (algo que na altura ainda era muito raro, ao contrário dos nossos dias) para escrever o seu argumento. Com desenho de Andy Kubert, que estava na altura a começar a tornar-se na super-estrela que é hoje e com as cores que o francês Richard Isanove aplicou directamente sobre os lápis de Kubert (sem qualquer arte-final), Origem tornou-se num dos grandes best-sellers de sempre da Marvel.

    11.99€
  • Capa do livro Mil Tormentas, de Tony Sandoval. Kingpin Books

    MIL TORMENTAS

    0 de 5

    «Sou uma alma que vagueia desde o início dos tempos. O meu povo confundiu-te comigo. Agora, volta para casa, para cumprires o teu destino. Saúdo-te, Lisa! Anjo e demónio…»

    Solitária e introvertida, Lisa é uma adolescente com um fascínio bizarro por pequenos seixos e objectos incomuns. Impelida pela sua curiosidade incontrolável a atravessar uma velha árvore de contornos ímpares, depara-se-lhe um mundo diferente onde a sua obsessão coleccionista levará ao ressurgimento de um mal ancestral sedento de liberdade.

    Um ano após “As Serpentes de Água”, consagrado no AmadoraBD como melhor álbum estrangeiro de 2014, o mexicano TONY SANDOVAL regressa com mais um álbum invulgar, onde o seu registo autoral onírico e maravilhoso o consolidam a cada página como um dos autores internacionais mais relevantes da actualidade.

    19.95€
  • Capa do livro

    PATAGÓNIA

    0 de 5

    Nesta singular aventura, escrita de forma apaixonada por Mauro Boselli e esplendidamente desenhada por Pasquale Frisenda, Tex e o seu filho Kit Willer viajam até à Patagónia, nos confins da Argentina, ao pampa, para participarem numa missão que é, ao mesmo tempo, de resgate de prisioneiros e punitiva, na sequência de sanguinários ataques por parte dos índios. Trata-se de uma movimentada história, cheia de acção, que aborda com singular realismo o genocídio das tribos índias e onde assistimos à luta de um povo pela sua sobrevivência, à custa de muita tenacidade, determinação, heroísmo, vontade de liberdade, sacrifício, sangue e mortos.

    16.99€
  • Capa do livro Cartas Singulares a Salazar, 2ª Edição, de Fernando de Castro Brandão

    CARTAS SINGULARES A SALAZAR – 2ª EDIÇÃO

    0 de 5

    “Não creio haver lugar para muitas explicações. O punhado, grande, de cartas que se dá à estampa, mais exactamente 201, fala por si. A escolha entre os milhares existentes no Arquivo Salazar da Torre do Tombo, incidiu apenas em um único critério: trazer ao conhecimento público testemunhos curiosos, tidos como singulares. Os seus remetentes, boa parte dos quais nomes consagrados ou bem conhecidos, abordam os mais diversos assuntos. A interligá-los está o cunho pessoal, muito privado, de quase todos. Elogios, (bastantes), apelos, (vários), solicitações, críticas, denúncias, indignações, intrigas, enfim, um rol de interesses pessoais chegados às mãos de Oliveira Salazar.

    15.00€

Livraria Online Consulte a nossa loja de venda de livros. com mais de 350 livros à venda para si.Loja online

livraria onlineConsulte a nossa livraria online. Somos uma empresa que vende livros de outras editoras, distribuimos e editamos livros.Vendemos livros de literatura, ficção, bandas desenhadas, livros para o ensino etc.

Somos uma distribuidora e editora de livros.

Venda de livros para todos os gostos, todas as faixas etárias.Dúvidas frequentes para comprar livros na nossa livraria online

Vendemos livros para todo o território nacional. Visite a livraria online de uma das maiores distribuidoras de livros em Portugal: Europress Editora.Saiba os custos de envio da encomenda do seu livro na nossa livraria online